Evento

Sopa de Jerimu

Circolando - cooperativa cultural


SINOPSE

Sopa de Jerimu é um espectáculo a solo para uma mulher e várias abóboras… então já não é a solo! Estão lá a menina, a porqueira, a chila, a bolina, a cabaça, todas diferentes e todas abóboras. Na sua cozinha, esta mulher, convive com as abóboras, ouve-lhes os segredos e mergulha em si, descobrindo coisas que não conhecia. Rola que rola e volta a rolar... Aquela que quebrar à sopa irá parar… As entranhas revelam-se e a sopa ferve na panela. Nascem histórias... as abóboras transformam-se... na verdade são conhecidas universalmente pelos seus poderes transformadores. Florescem, amadurecem, crescem, crescem, crescem e apodrecem. Assim, também ela vivencia transformações. É um elogio à beleza e à magnitude da abóbora. A Sopa fica pronta e o público é convidado a prová-la. Este projecto nasceu no mercado do Bolhão, na época das abóboras. Frequentemente, parava para as observar; tantas, tão diversas, algumas tão grandes, tão bonitas! Comecei a fotografá-las, a comprá-las, a levá-las para casa e para a sala de ensaios, a abri-las, a recheá-las, a cozinhá-las e novas histórias começaram a surgir.

FICHA ARTÍSTICA